7 Dicas para pintar as paredes de casa sem erro

7 Dicas para pintar as paredes de casa sem erro

Pintar as paredes de sua casa pode até parecer uma tarefa fácil, mas pode ter certeza que para realizá-la é preciso bastante cuidado, por isso esse passo a passo vai te ajudar a tornar isso uma tarefa simples.

Pintar as paredes de sua casa não é tão simples quanto parece. Para economizar muita gente na hora de decorar, pintar as paredes ou fazer qualquer outro serviço em casa, acaba fazendo sozinho e sem buscar a orientação de profissionais. Ao fazer isso de qualquer jeito ou sem saber acaba gastando bem mais porque além de desperdício com produtos, ainda terá que pagar alguém para reparar os erros cometidos (caso sejam cometidos)  na tentativa de fazer alguma coisa.

Por isso, buscar ajuda e entender o serviço que deve ser feito é importante. O passo a passo para realçar as cores das paredes de sua casa e deixar cada cantinho com o seu toque especial.

  • Verifique o estado de cada ambiente para pintar as paredes

A qualidade da pintura da parede vai depender do estado em que ela se encontra. O resultado final do trabalho também vai depender disso. O primeiro passo é avaliar como está a cor que está antes de começar os procedimentos  para pintar as paredes e para não ter prejuízos posteriores, observe e avalie se esta parede não possui: infiltração; se ela está limpa; firme e livre de pó e gordura e principalmente se ela tem mofo.

  • Escolha do material para pintar as paredes

O mesmo material serve para todos os ambientes? Não. Cada ambiente requer materiais específicos para que cada ambiente tenha o acabamento desejado ao ambiente aplicado e as cores das paredes podem caracterizar os ambientes.

Ambientes internos e externos ou cada tipo de superfície pedem materiais ou uma preparação diferentes de modo que, os fundos preparadores devem ser aplicados em superfícies de gesso; seladores devem ser usados em paredes novas de reboco; massa corrida e tinta PVA devem aparecer em ambientes internos; massa e tinta acrílicas podem ser utilizadas para pintar as paredes, tanto em ambientes externos, quanto internos.

Antes de aplicar a textura, leia as orientações dos fabricantes antes de começar a pintar as paredes, nelas contém informações importantes para que você consiga utilizá-la corretamente. Geralmente os pintores não aguardam o tempo de secagem recomendado para cada lata, o que pode comprometer o rendimento e acabamento da tinta.

  • Cuidado para lixar a parede

É importante verificar o que a textura da parede te possibilita fazer. é preciso tirar o excesso do reboco com uma lixa grossa, mas não passe com força para não provocar ranhuras. Porém, existe outra possibilidade a depender do resultado final que a pessoa espera.

Tampe os buracos superficiais da parede com massa corrida, usando uma espátula, e tampe os orifícios mais profundos com gesso. Deixe secar por 20 minutos e passe a lixa n° 150.

  • Quantidade de tinta a usar para pintar as paredes 

Para saber a quantidade de tinta necessária, é preciso calcular o tamanho da área a ser pintada. Meça a parede e multiplique pela altura do pé-direito (altura do chão ao teto).

Em seguida, multiplique essa metragem pelo número de demãos (normalmente, duas a três). O resultado da equação determina a metragem total.

Algumas latas de tinta indicam a área que aquela quantidade cobre. Os vendedores também podem auxiliar a calcular a partir da metragem a ser pintada.

  • Detalhes de pintura

para pintar as paredes com detalhes, forre o piso com a lona, retire os espelhos dos interruptores, cubra os móveis e proteja com fita-crepe as maçanetas, os rodapés e os batentes. Passe a massa corrida sobre a fita-crepe para impedir que a tinta penetre e use uma espátula para remover o seu excesso.

  • Pintura

Mexa a tinta com a trincha e pinte com cuidado uma faixa horizontal rente ao teto. Com um rolo, dê cor ao restante da parede seguindo sempre a posição vertical. Espere que a tinta seque totalmente antes de passar a próxima camada;

Se quiser que a parede tenha faixas coloridas, trace-as com fita-crepe. Escolha uma cor para ser a predominante e alterne com tonalidades harmônicas ou branco.

Comece cobrindo com tinta uma parte sim e outra não. Espere secar totalmente e retire a fita. Com uma nova tira adesiva, cubra delicadamente a borda já pintada. Pinte os espaços restantes. Um pincel fininho dá o acabamento entre as cores.

  • Resultado

A cor da tinta na parede pode ficar diferente da que consta no catálogo. Más por isso no início do passo a passo, orientamos a verificar a qualidade do produto adquirido, Então, antes de comprar uma lata, a dica é adquirir ¼ de galão e testar em uma pequena área para a partir de então começar a pintar as paredes.

Se você conseguiu seguir os passos dessa matéria para finalizar a pintura das paredes, com certeza obterá um ótimo resultado. Mas não fique apenas em pintar as paredes, ouse na decoração para deixar cada cantinho do seu jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *