Confira dicas para criar o seu pet em apartamento

Confira dicas para criar o seu pet em apartamento

Companheiros, brincalhões e afetuosos, os animais de estimação trazem mais ternura para o dia a dia. Não por acaso, nesse difícil período de pandemia houve um aumento na procura de pets para adoção, segundo informações de ONGs de proteção de animais. Essa demanda se justifica na busca das pessoas por momentos de felicidade, conexão e relaxamento. 

No entanto, cuidar desses animaizinhos em um espaço limitado como um apartamento pode ser um desafio. Por isso, preparamos um texto repleto de dicas sobre como escolher um animal que combine com o seu estilo e como tornar o convívio ainda mais agradável e feliz. Assim, você poderá viver em harmonia com o seu pet e desfrutar de todos os benefícios de ter um amigo de 4 patas. 

Pesquise sobre as raças  

Quando pensamos em um animal de estimação é comum que os cachorros sejam os primeiros a serem lembrados. Essa associação é compreensível, afinal, eles são considerados “o melhor amigo do homem”. Inegavelmente, existem raças que se adaptam melhor nos apartamentos como pinscher, dachshund (salsichinha) e outras espécies de pequeno porte como shih tzu. Mas, ao escolher um dog você assume o compromisso de passear diariamente e arcar com banhos e tosas regulares.  

Escolha bem o seu pet

Além dos cães existem outros pets que se adaptam bem aos apartamentos. Um dos mais populares são os gatos. O comportamento doméstico e quieto combina bastante com quem tem um estilo de vida mais caseiro. Nesse perfil, também existem outras opções de animais de estimação como, por exemplo, aves (calopsitas), hamsters, porquinho-da-índia, tartaruga e peixes. Cada um possui especificidades que devem ser consideradas antes de decidir por um pet. Pesquise e avalie qual combina mais com você e o seu orçamento. 

Defina espaços de cuidado

Para garantir um bom convívio com o seu pet, é indispensável estabelecer espaços para as necessidades básicas do animal. Caso escolha um pet que possa circular livremente pelo imóvel, como cães e gatos selecione um lugar do apartamento para ser o “banheiro” do pet, com tapetes higiênicos ou caixas de areia. De igual modo, coloque em outro lugar, de preferência longe do “banheiro”, as vasilhas de água e ração. Animais como tartarugas, hamsters, peixes e porquinho-da-índia costumam ficar em gaiolas ou aquários. Porém, mesmo assim, lembre-se de higienizá-los e alimentá-los diariamente. 

Mantenha uma rotina

Assim como nós humanos, os pets também precisam de uma rotina. Tente definir horários para alimentação, limpeza e entretenimento de acordo com o seu próprio cotidiano. No caso dos cachorros o passeio, mais do que ajudar no trato digestivo, contribui para a diminuição do estresse e consequente desobediência e mal comportamento. Ter um hábito de brincar e interagir com os animais também contribui para uma melhor qualidade de vida do pet e também sua, uma vez que possui efeitos terapêuticos positivos. 

Encontre um veterinário de confiança

A saúde dos animais de estimação deve ser prioridade. Além das vacinas, os exames de rotina possibilitam o rastreio eficiente de predisposição à doenças. Por essa razão, é importante encontrar um profissional adequado para acompanhar a saúde do seu pet. Cuidar do bem estar do seu animal influencia também no seu autocuidado, uma vez que ele divide o mesmo imóvel que você. 

Enriqueça o ambiente

Enriquecer um ambiente é permitir que o pet tenha diversas opções para entretenimento e descanso. Em outras palavras, significa criar estímulos e espaços próprios do animal. Gatos, por exemplo, gostam de escalar e arranhar. No mercado, existem “castelos” de brinquedo que estimulam a interação com o felino. Por sua vez, peixes, sem dúvidas, sofrem menos estresse e são mais felizes com aquários bem decorados com conchas, casinhas e outros itens decorativos.

Tenha um pet sitter

Você já ouviu alguém se referir ao pet como um “filho”? Pois bem, o serviço de pet sitter pode ser comparado com o de uma babá. A tradução livre, inclusive, decifra essa nova profissão: babá de pet. Esse trabalho pode ser bastante útil para aquelas pessoas que possuem uma vida agitada e dispõe de pouco tempo para cuidar de um animal de estimação. Ademais, é uma excelente opção para quem vai viajar e precisa de alguém que cuide dos animais no conforto do seu lar. Portanto, é recomendável encontrar uma pet sitter para eventuais necessidades. 

 

 

Você está a procura de um apartamento ideal para viver com o seu pet ou um condomínio que tenha pet place? Fale com um de nossos corretores! Certamente, eles vão te ajudar a encontrar o melhor lar para você e o seu animal de estimação! Basta clicar aqui

Achou o texto desta semana interessante? Conte para a gente e continue acompanhando nosso blog para não perder nenhuma novidade! Nos siga também nas redes sociais Instagram  e Facebook. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *